Buscar
  • Cassiana Buosi

Futuros Regenerativos: sonhar não basta. - por Cassiana Buosi






Sonhar é para poucos, você sabia disso? E se falarmos então de sonhos em torno de futuros regenerativos, estamos falando de uma parcela ínfima da população mundial com esta importantíssima e mais do que necessária capacidade.


E se você for uma destas pessoas, eu te convido: Vamos construir futuros que sonhamos juntos? Mas… por onde começamos? A regeneração e sua compreensão por si só é uma longa jornada.


Mas ainda bem que é uma alegria caminhar por ela, não é mesmo? Aliás, dizem que o melhor da vida é o caminho e não o ponto final. Vai me dizer que você também percebe e valoriza isso? Como não nos conhecíamos antes? : )


Fico feliz em saber que é longa. Porque assim teremos muito mais tempo de curtição, de valoração de nosso tempo dedicado nesta regeneradora viagem.


A questão é: se o futuro que sonhamos nunca se tornar presente ou nos parecer muito distantes, também pode faltar ânimo, energia para seguir co-construindo futuros regenerativos juntos.


Então, como podemos tangibilizar, materializar nossos sonhos coletivos desde já?


Futuros regenerativos começam nas ações individuais de hoje


Quantos de nós não nos sentimos por vezes sobrecarregados? Tensos? Ansiosos? Quase todos nós, em menor ou maior nível, nos sentimos assim, não? Se você for uma exceção, queremos saber como vive constantemente de forma leve!


Eu mesma sou uma destas. Estudo muito e faço questão de praticar rituais de leveza - seja para o corpo, para a mente ou para a alma. Mas se eu descuidar… olhe lá eu de novo em momentos de sobrecarga novamente. Porque será que isso acontece?


Dica primordial 1: O Design de Culturas Regenerativas começa na dimensão pessoal. Como anda a sua?


Bom, uma das dicas que deixo é você assistir esse papo aqui entre o Virgilio Varela e a Flavia Vivacqua, no qual eles esclarecem algumas questões interessantes em torno deste dilema.


Neste papo eles trazem do que se trata essa primeira dimensão de atuação.


Dica primordial 2: Pensar e construir futuros melhores deve começar no presente.


O seu ontem foi há uma semana atrás, um dia o seu futuro. Conheço e lido diariamente com pessoas que defendem a ideia de que devemos estar mais presentes, sem nos preocuparmos tanto com o futuro, já que este, a Deus pertence.


Acontece que ao ignorarmos o fato de que a cada segundo no agora também estamos a construir nossos caminhos futuros, tendemos a tomar decisões mais imediatistas e menos conscientes sobre os reflexos destas nossas ações.


Isso já nos dá um bom sinal de parâmetro sobre a importância de pensarmos em cenários futuros que desejamos viver e agirmos desde já em torno do que imaginamos. Não apenas para que nós mesmos possamos usufruir disso, mas principalmente cientes de que estamos deixando “o nosso lar” melhor do que encontramos quando chegamos.


Neste meu artigo em que abordo “A minha, a sua, a nossa consciência. De hoje em diante. De 2020 para 2030.”, assim como a nossa inata capacidade de imaginar, reflito de forma mais profunda sobre isso.


Sonhando e energizando juntos futuros regenerativos


Hoje temos mais consciência sobre mais do que “zerar” nossas emissões poluentes no planeta, assim como sobre o impacto negativo de nosso consumo desenfreado, precisamos regenerar o sistema. Por completo.


Mas para que possamos também nos unir e seguirmos juntos em direção a um propósito maior, que nos nutra individualmente, mas também coletivamente, precisamos aprender a vislumbrar juntos para onde estamos indo, onde queremos, sonhamos chegar.


Para isso, existem alguns meios, metodologias, tecnologias sociais e parte delas nos inspiram como: Dragon Dreaming, Design de Culturas Regenerativas e mais especificamente no meu caso e minha grande paixão, a aplicação de Futures Thinking - ou pensamentos de futuros - em nosso dia-a-dia.


Por isso mesmo, eu, Flavia Vivacqua e Virgilio Varela marcamos uma troca para explorarmos ainda mais estas convergências todas e adoraríamos que você entrasse nesse diálogo e investigação com a gente.


Acesse aqui no canal do Youtube do Design Regenerativo e interaja conosco. Afinal, sonho que se sonha junto… não é mais sonho, já é realidade, certo?


Bora com a gente deixarmos um legado incrível e digno para as próximas 4,5 gerações - no mínimo?



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O QUE VOCÊ VÊ EM UMA FOLHA DE PAPEL?

Para além de sua utilidade, você já imaginou o que foi preciso para que uma única folha de papel existisse? Quantas conexões, processos e intenções foram necessárias? Tudo está conectado, não existe o